Publicado em: quinta-feira, 12/07/2012

Sete pessoas morrem durante comemoração do título do Palmeiras

Pelo menos sete pessoas foram mortas enquanto comemoravam a conquista do título da Copa do Brasil pelo Palmeiras na noite de quarta-feira, 11 de julho. O jogo aconteceu na cidade de Curitiba, no estádio Couto Pereira, contra o Coritiba.

Durante a comemoração, que durou até a madrugada desta quinta-feira, 12 de julho, diversas pessoas foram mortas a tiros na cidade de Osasco, que fica na Grande São Paulo. Pelo menos outras duas pessoas ficaram feridas no ataque e tiveram que ser levadas para hospitais da região.

Segundo as primeiras informações apuradas, todas as vítimas eram homens e eram torcedores do Palmeiras que estavam nas ruas para comemorar o bicampeonato da equipe. Testemunhas contaram que os criminosos apenas passaram atirando contra os torcedores que participavam das festas de comemoração pela cidade.

De acordo com as informações fornecidas pela Polícia Civil, os tiros foram disparados por homens que estavam em carros e motos e que estavam nas festas de pelo menos três barros de Osasco: Jardim Canaã, Jardim Munhoz Junior e Rochedale.

Até a manhã desta quinta-feira nenhum suspeito tinha sido preso pelo crime. O caso foi registrado no 10° Distrito Policial de Osasco.

Durante a madrugada, também houve registro de torcedores entrando em confronto com policiais militares em São Paulo. O caso aconteceu no início da madrugada de quinta-feira, na região de Perdizes, que fica na zona oeste da capital paulista. De acordo com testemunhas, a confusão começou quando os torcedores impediram a circulação de veículos na rua Turiassu para comemorar. Para retirar os torcedores do local, a polícia teria usado balas de borracha e bombas de efeito moral.

Já na Avenida Paulista, tradicional local de comemoração de títulos de futebol pelos paulistanos, cerca de 200 torcedores fecharam alguns pontos e impediram a passagem de veículos, mas nenhum ocorrência foi registrada.