Publicado em: terça-feira, 27/09/2011

Servidores da UnB terminam greve

Depois de 112 dias com as atividades paralisas, os servidores do setor técnico-administrativos da Universidade de Brasília voltaram aos postos de trabalho nesta segunda-feira (26). Assim, a biblioteca da instituição, o restaurante universidade, a garagem e o almoxarifado voltam a funcionar de forma regular.

Os servidores ainda pretendo criar uma nova pauta de cooperação e entendimento junto ao governo federal. A greve iniciou porque os servidores pediram que fosse reajustado o piso salarial para três salários mínimos e também a abertura de um novo concurso que deve contratar novos servidores substituídos e a criação de uma nova área administrativa para os campus e o hospital universitário.

O movimento foi apoiado por outras universidade federais do Brasil, fazendo com que elas aprovassem a saída da UnB do movimento. Na terça-feira (20) passada, os servidores da UnB já havia aprovado o fim da paralisação.

Segundo a assessoria de comunicação da UnB, os servidores já garantiram que se a nova discussão junto ao governo não for satisfatória, deve acontecer um novo movimento previsto no inicio do próximo semestre. Até lá, o movimento dos servidores irá fazer uma nova paralisação que pretende pressionar o legislativo a votar em algumas emendas, que pedem, por exemplo, o regulamento do regime jurídico do servidor e também a correção da distorção salarial das carreiras.