Publicado em: terça-feira, 20/03/2012

Série B foi usada como garantia em contrato da Copa

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) usou a Série B do Campeonato Brasileiro para fechar um contrato com uma agência de viagens para pacotes de luxo para a Copa do Mundo de 2014. A informação foi divulgada em uma reportagem do jornal ‘Folha de São Paulo’ nesta terça-feira (20).

De acordo com os jornalistas, a CBF usou o contrato de viagens para os clubes da segunda divisão nacional como garantia para fechar o acordo referente ao Mundial no Brasil. A CBF, por sua vez, alegou que não não responsável por este tipo de negociação, enquanto que a agência se negou a pronunciar sobre o caso.

A reportagem ainda descobriu que o empresário Cláudio Abrahão, dono da Top Service, agência que fechou contrato com a CBF, ainda vendeu um apartamento a Ricardo Teixeira, ex-presidente da entidade, pela metade do seu preço real.

A CBF se limitou a dizer que não é responsável por fechar acordos de hospitalidade eferentes à Copa do M undo, que este tipo de tarefa é atribuição da agência internacional Match Hospitality. Já o advogado de Ricardo Teixeira disse que não irá se pronunciar sobre o caso.