Publicado em: terça-feira, 14/02/2012

Sequestro em Montes Claros termina após 24 horas

No começo da tarde da segunda-feira (13), a mulher que era mantida refém por um detento no Presídio Regional de Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais, foi libertada. De acordo com a polícia militar, ela não apresentava ferimentos, mas precisou receber atendimento médico dentro de uma ambulância, em frente à cadeia.

Segundo a Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais, a refém foi libertada após o preso conversar com a mãe e com a irmã pelo telefone. O detento, que também precisou ser atendido pelos médicos, vai prestar depoimento em uma delegacia da cidade e será transferido para outro presídio em Minas Gerais.

O caso começou quando a vítima foi abordada no domingo (12) pelo detento enquanto visitava seu filho, preso no mesmo local. De acordo com um inspetor da cadeia, a refém foi mantida dentro de uma cela de visita íntima, em uma ala especial. De acordo com a PM, o sequestrador a ameaçava com uma barra de ferro e um estilete.

A exigência do detento, preso desde novembro do ano passado, era ser transferido para outra cidade, além da garantia de via. Nas primeiras horas em que ele manteve a mulher como refém, falou com as autoridades através de bilhetes, mas após algumas horas, interrompeu a comunicação.