Publicado em: sábado, 23/07/2011

Sequência de atentados na Noruega deixa 91 mortos nessa sexta-feira

Dois atentados terroristas aconteceram nessa sexta-feira (23) na Noruega, especificamente na cidade de Oslo, os quais deixaram 91 pessoas mortas. O primeiro deixou sete vítimas por causa de uma explosão de bomba na região onde fica localizada a base do governo. Na sequência, um atirador chegou a um acampamento de jovens vinculados ao governo e atirou em 84 pessoas, que morreram no local. O acusado teria sido Anders Behring Breivik, que tem duas armas registradas em seu nome.

Sobrevivente ao ataque no acampamento, Adrian Pracon, de 21 anos, conta que só conseguiu sair do local por ter se agarrado a outros corpos e fingido estar morto também. De acordo com ele, os outros jovens que conseguiram sair com vida do acampamento fizeram a mesma coisa. “Estava a cerca de cinco metros, talvez sete, dele, enquanto gritava que ia matar todos e que todos devemos morrer. Ele apontou sua arma para mim, mas não apertou o gatilho,” lembra o rapaz.

Ao identificarem o homem supostamente responsável pelos assassinatos no acampamento, a imprensa entrou na rede social FaceBook, a qual ainda tinha o perfil do suspeito publicado. De acordo com as informações publicadas na página, Breivik se descreve como um conservador cristão.

Agora, o suspeito está preso e a polícia está realizando o interrogatório para verificar sua relação com o acampamento de jovens e também com a bomba que explodiu em Oslo. Esse atentado se configura como o maior que já aconteceu na Europa desde 2004, quando 191 pessoas morreram em Madri.