Publicado em: quinta-feira, 19/04/2012

Senado vota fim de 14 ºe 15° salários de senadores

Marta Suplicy (PT-SP), a primeira vice presidente da Mesa Diretora no Senado Federal, declarou ontem, quarta-feira (18), que será votado no plenário, na próxima semana, o decreto que acaba com os 14º e 15º salários dos senadores. Depois da reunião das mesas, quando os integrantes resolveram enviar a matéria para o plenário, foi que informação oficial foi liberada.

De acordo com a senadora, a votação acontece na próxima semana, porque ainda precisa passar pela burocracia da casa e ser publicado no Diário Oficial, devendo ocorrer na quarta ou quinta feira.

Suplicy ainda se declarou a favor do término do benefício, afirmando ter até consultado o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a respeito da votação. Até o final da semana, o presidente deve permanecer de licença médica.

Marta Suplicy ainda destacou que esses benefícios remontam a uma época em que o Senado era no Rio e auxiliava famílias a se deslocarem, por isso, atualmente, é algo que perdeu o sentido. De acordo com ela, quando o projeto foi votado, não era corrupção. Agora eles estão retirando algo que existe desde a instituição do Senado.

O projeto já havia sido aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), antes de chegar à mesa diretora. Na ocasião, o senador Ivo Cassol (PP-RO), declarou que os parlamentares do Brasil estão sendo mal remunerados, sugerindo que os parlamentares que são a favor da extinção do pagamento, devolvam o dinheiro que receberam.