Publicado em: quarta-feira, 04/04/2012

Senado rejeita Valcke e cancela audiência

Um dia depois da Fifa indicar o seu secretário-geral, Jérôme Valcke, para representá-la em uma audiência no Senado, o evento acabou sendo cancelado pelos políticos brasileiros. A Comissão de Educação, Cultura e Esporte não aceitou indicação de Valcke e não irá mais realizar a audiência.

O presidente da Comissão, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), optou por cancelar a reunião por não aceitar a substituição proposta pela Fifa. Inicialmente, o Senado havia chamado o presidente da entidade, Joseph Blatter, para comparecer a Brasília. Porém, o dirigente alegou não poder ir, e anunciou Valcke como seu substituto.

Seria a primeira visita de Valcke ao Brasil desde o episódio em que o dirigente afirmou que os brasileiros precisariam receber um ‘chute no traseiro’, criticando os atrasos da preparação brasileira para a Copa de 2014. A declaração foi mal recebida pelo governo, que exigiu uma retratação da Fifa.

A audiência no Senado iria ocorrer no dia 11 deste mês, e pretendia debater os aspectos dos preparativos para o Mundial, bem como a Lei Geral da Copa. Com o cancelamento, uma nova data deverá ser agendada, porém, os senadores esperam agendar um encontro em que Blatter possa comparecer.