Publicado em: segunda-feira, 03/03/2014

Sem surpresa, “12 anos de escravidão” leva Oscar de Melhor Filme. “Gravidade” fatura sete estatuetas

Sem surpresa, “12 anos de escravidão” leva Oscar de Melhor Filme. “Gravidade” fatura sete estatuetasJá cotado entre críticos e especialistas de cinema, o filme “12 anos de escravidão” levou o principal prêmio da noite na 86ª edição do Oscar, entregue pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood no último domingo (2). O longa ainda ficou marcado como o primeiro de um cineasta negro (Steve McQueen, da Inglaterra) a receber esta premiação.

Outro fato inédito foi a premiação do mexicano Alfonso Cuarón como Melhor diretor, primeiro latino-americano a faturar tal estatueta. Além desse, o filme “Gravidade” faturou ainda outros seis prêmios: Montagem, Fotografia, Edição de Som, Mixagem de Som, Efeitos Visuais e Trilha Sonora.

Já “Clube de compras Dallas” foi lembrado com os dois prêmios para atuação masculina. Matthew McConaughey foi eleito melhor ator, e Jared Leto o melhor coadjuvante. A atriz congratulada foi Cate Blanchett, pela atuação em “Blue Jasmine”, de Woody Allen, e Lupita Nyong’o, de “12 anos de escravidão”, levou a premiação de atriz coadjuvante.

O longa italiano “A grande beleza” levou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, quebrando um jejum de 15 anos sem a estatueta da categoria ser dada a uma produção da Itália nesta categoria. Ao todo, 11 prêmios já foram para o país.

Saiba quem foram os outros premiados

Spike Jonze foi agraciado com o Oscar de roteiro original por “Ela”, e o roteiro adaptado escolhido foi o de “12 anos de escravidão”, de John Ridley. O filme “Clube de Compras Dallas” ainda foi lembrado no prêmio de maquiagem e cabelo, e o figurino de “O grande Gatsby” também foi premiado, além de o filme faturar o Oscar de design de produção.

O prêmio de animação, sempre muito apreciado por todos, foi dado ao longa “Frozen: Uma aventura congelante”, que bateu os aclamados “Meu Malvado Favorito 2” e “Os Croods”. Aliás, “Frozen” ainda teve a melhor canção original, “Let it Go”, de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez. O Oscar de curta de animação foi para “Mr. Hublot”.

Já o prêmio de melhor curta-metragem foi para “Helium”, e “The lady in number 6: Music saved my life” foi o melhor documentário em curta. O melhor documentário em longa-metragem foi “A um passo do estrelato”.