Publicado em: quinta-feira, 31/05/2012

Seleção Brasileira – Mano recupera prestígio com Marin

As vitórias sobre a Dinamarca e Estados Unidos nos amistosos deram uma tranquilidade maior para Mano Menezes à frente da seleção brasileira perante o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin.

O técnico da seleção vinha sendo pressionado pelo presidente da entidade, que inclusive, fez críticas públicas a Mano. Porém, as duas atuações convincentes nestes dois jogos fizeram com que o treinador respirasse mais tranquilo no cargo.

Para a série de jogos contra Dinamarca, Estados Unidos, México e Argentina, Mano apostou em uma base de jovens jogadores, sobretudo porque as partidas serão um último teste antes da definição do grupo que irá disputar os Jogos Olímpicos de Londres.

As Olimpíadas, inclusive, são a prioridade de Mano Menezes atualmente. O próprio Marin já condicionou a sua permanência à frente da seleção à conquista do ouro inédito. Especula-se que Muricy Ramalho e Luiz Felipe Scolari já teriam sido contatados pelo presidente da CBF para assumir a equipe.