Publicado em: sexta-feira, 08/07/2011

Seleção Brasileira: Mano Menezes faz mistério e não divulga escalação

O treinador Mano Menezes teve pouco menos de uma semana para digerir o empate e as críticas ao seu time, na estreia da Seleção Brasileira na Copa América da Argentina. Apesar de ter convocações e posicionamentos elogiados até o início do torneio, quando a bola rolou a equipe brasileira não demonstrou entrosamento e movimentação. Mano passou a semana cogitando mudar os titulares, mas não deu sinais do que deve fazer contra o Paraguai.

A principal dúvida demonstrada ao longo da semana foi a manutenção ou não de Robinho. O meia atacante do Milan-ITA foi o primeiro a deixar o gramado, substituído, de La Plata na partida contra a Venezuela. Vaiado em sua saída, Robinho reclamou da alteração depois do jogo. Em seu lugar podem entrar tanto Elano quanto Lucas Silva. O primeiro configura uma opção mais defensiva, enquanto o segundo jogaria aberto se infiltrando ofensivamente até o meio.

Diante do adversário mais bem postado taticamente, Mano deve preferir a entrada do santista Elano. O Paraguai possui dois bons atacantes com potencial extremamente superior ao do ataque venezuelano, da primeira rodada. Roque Santa Cruz e Lucas Barrios prometem dar trabalho a Lúcio e Thiago Silva. Elano armaria o contra golpe com maior precisão, além de ser uma alternativa para as bolas paradas.

O jogo vale pela segunda jornada do Grupo B e vale, assim como Venezuela x Equador, a liderança da chave. Todas as seleções estão empatadas em todos os critérios depois da primeira rodada, em que as duas partidas terminaram sem gols. Brasil x Paraguai acontece neste sábado, às 16h, em Córdoba.