Publicado em: segunda-feira, 29/10/2012

Segundo Turno Eleições 2012 – Ministra declara que as votações foram tranquilas

Segundo Turno Eleições 2012 A Presidente do Tribunal Superior Eleitora, Ministra Cármen Lúcia falou sobre a finalização das Eleições 2012 durante a noite deste domingo, dia 28. Ela disse que o segundo turno aconteceu de forma tranquila e sem grandes incidentes.

Na ocasião ela se pronunciou a respeito do episódio onde o colega Ricardo Lewandowski, do Superior Tribunal Federal, onde ele foi hostilizado a votar no caso do mensalão. Ela afirmou que lamentava o caso, mas preferia não falar a respeito de um processo em especial. Assim o foco de sua fala ficou nas eleições, lembrando que a população está amadurecendo a sua visão a respeito da justiça, mas que esse processo não acontece em poucos meses e leva anos para se concluir.

Já sobre os casos onde foi flagrada a boca de urna e prisões por causa de crimes eleitorais, a Ministra fez questão de minimizar os casos, dizendo que nada de anormal aconteceu. Segundo ela os temores de que incidentes maiores pudessem acontecer não foram concretizados. Entretanto, ela salientou que o índice de abstenções de 16% no primeiro turno e 19% no segundo turno começam a causar preocupação. Ela explicou que a partir de agora a Justiça Eleitoral deve procurar uma forma melhor de convencer o eleitor a votar e a entender a importância do voto.

Carmem Lúcia ainda destacou que o TSE vai promover sessões extras a fim de julgar os processos de prefeitos eleitos antes que eles sejam diplomados, o que deve acontecer a no dia 19 de dezembro. Com relação às urnas, o TSE informou pouco antes das 21 horas de domingo que 303 delas apresentaram problemas e precisaram ser substituídas no segundo turno. A Ministra destacou que ao total foram usadas 86.187 urnas e que apenas 0,83%causaram problemas em 2012. O voto manual não foi necessário, tendo em vista que os equipamentos com problemas foram rapidamente substituídos.

São Paulo foi a cidade onde mais urnas precisaram ser trocadas, pois a cidade se configura no maior colégio eleitoral do país. Ao total, 38 urnas foram trocadas. No estado o número de urnas com problemas foi de 75. Com isso a soma de eleitores que votaram no segundo turno foi de 31.725.967 em 50 cidades os havia eleições.