Publicado em: quarta-feira, 21/05/2014

Segundo Agência Nacional de Telecomunicações empresas de telefonia móvel podem estar descumprindo regras

Segundo Agencia Nacional de Telecomunicações empresas de telefonia móvel podem estar descumprindo regrasEm meio a várias discussões a respeito da cobertura de operadoras de telefonia móvel nos estádios da Copa do Mundo, a Agencia Nacional de Telecomunicações declara que as empresas pode permanecer descumprindo regras em relação a atendimento.

Segundo a Anatel as operadoras ofereceram melhorias dos seus serviços de antedimento aos clientes, porém essas modificações não foram suficientes para os padrões que foram impostos pela Agência há dois anos atrás.

De acordo com informações, a Agência Nacional de Telecomunicações pode apresentar um novo conjunto de normas e melhorias a serem seguidas por estas operadoras a partir do mês de agosto deste ano, segundo o órgão caso sejam encontradas irregularidades e não cumprimento de regras impostas essas empresas podem ser acionadas por meio de aplicação de multas.

A respeito de proibição de vendas de produtos e serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel a Agência informou que por enquanto não há nada que possa garantir que essas medidas serão tomadas, estes questionamentos foram feitos porque no ano de no ano de 2012 algumas empresas de telefonia móvel tiveram suas vendas suspensas em várias partes do país pelo descumprimento em relação a prestação de serviços para os clientes.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações as melhorias que serão sugeridas para as operadoras é em relação ao de atendimento a clientes, estas podem ser efetuadas em centrais de atendimento dessas operadoras, bem como também na prestação de serviços contratados pelos assinantes no ato da compra, porém segundo o órgão essas mudanças tem de ser analisadas com calma e até o presente momento não há nada que esteja previsto para realização dessas mudanças, porém a agencia garante que as punições em caso de descumprimento serão feitas através da cobrança de multas e não através da restrição de vendas de produtos e serviços dessas operadoras em questão.