Publicado em: sábado, 09/07/2011

Secretaria de Saúde de São Paulo cria órgão para gerenciar vagas em UTIs

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo criou um órgão online que irá administrar as transferências de pacientes em estado de urgência de todo o Estado que são atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e precisa de vagas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). O serviço, que ainda está em fase de testes, irá substitui o que já existe, aonde cada um dos 17 Departamentos Regionais de Saúde funciona separadamente.

O serviço passará a ser acionado sempre que um dos hospitais não puder fazer o atendimento a uma emergência por falta de vagas ou equipamentos. Com esse novo sistema, todos os médicos poderão acessar um programa online que permite o envia com a descrição completa do caso para a central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross).

Com isso, os pedidos de transferência serão recebidos por uma equipe que conta com 100 médicos e 50 técnicos de regulação médica. O grupo será responsável por identificar a unidade mais próxima que possui todos os equipamentos necessários e também as vagas.

O hospital que pode receber o paciente será informado e o médico responsável pela solicitação irá concluir a transferência. Com o mapa de controle de urgências e emergências, os Departamentos podem ter uma visão sobre as necessidades de cada região. A Secretaria não informou quando o órgão deve estar em atividade total, mas espera-se que o período de adaptação seja de 90 dias.