Publicado em: segunda-feira, 07/04/2014

SBT afasta Rachel Sheherazade temporariamente

SBT afasta Rachel Sheherazade temporariamenteDepois de sofrer fortes pressões de comissões parlamentares e quase perder verbas do governo, a emissora de Sílvio Santos irá deixar a jornalista Rachel Sheherazade de molho por uns dias. A profissional foi retirada do ar. Ela é comentarista e âncora de jornal da emissora que tomou a decisão para não correr o risco de ficar sem os R$ 150 milhões que recebe por veicular publicidade do governo.

De acordo com informações da própria emissora, a jornalista Rachel Sheherazade, entrou de férias. Mas, pode ser apenas uma desculpa para ocultar a situação da profissional da empresa já que ela saiu de férias no mês de janeiro. Na época, Rachel fez uma viagem para Paris, na França.

O SBT está sendo investigado pela Procuradoria Geral da República. O motivo seria a apologia ao crime. A confusão com a jornalista teve início no mês de fevereiro. Rachel Scheherazade fez um comentário polêmico em que supostamente seria a favor da milícia que atua na cidade do Rio de Janeiro. A situação envolvia um acorrentamento de um homem em um poste.

Ela mal imaginaria o tamanho da repercussão que sua fala tomaria. Integrantes de grupos dedicados à defesa dos direitos humanos repudiou a jornalista, embora muitas pessoas tenham concordado com o comentário feito por ela em rede nacional.

A emissora emitiu uma nota oficial em que informa sobre o retorno da jornalista ao trabalho. A data que Rachel Scheherazade voltará ao ar será no próximo dia 14. Mas, tudo ainda é muito incerto visto que a própria funcionária divulgou que está com os dias contados no “Jornal do SBT”.

A colega de profissão Ana Paula Padrão emitiu opinião sobre o caso no dia 31 de março. Ela caracterizou Rachel como sendo uma pessoa bem-intencionada e imatura resultando em perigo. Ana Paula Padrão apresentava o “Jornal do SBT” antes de Rachel que respondeu à crítica dizendo que perigo é ser desonesto e não ter valores. Além disso, Rachel disse que se o problema é mesmo imaturidade, o tempo resolve. Enquanto que o caráter não muda.