Publicado em: sexta-feira, 12/08/2011

Saúde Sem Preço amplia acesso a medicamentos gratuitos em São Paulo

O programa Saúde Não Tem Preço, que faz parte do Aqui tem Farmácia Popular, ampliou o acesso em 181% aos medicamentos distribuídos gratuitamente em São Paulo. O índice é marcado pelos remédios para hipertensão e diabetes nas unidades privadas que são credenciadas ao programa. A distribuição passou de 235 mil em janeiro para 660 mil em julho.

Em todo o Brasil, o programa teve aumento de 194% no mesmo período, passando de 853 mil remédios para 2,5 milhões. No período, cerca de 4,8 milhões de pessoas foram beneficiadas no país. Destas, 1,2 milhões são paulistas.

Em são Paulo, a quantidade mensal de pessoas que precisam de medicamente para beneficiado cresceu 147%, com 238 mil usuários. Para a hipertensão, o aumento é de 212%, cobrindo 524,4 mil beneficiados. “Os números mostram que o brasileiro está mais e melhor assistido para o tratamento dessas doenças diretamente relacionadas aos novos hábitos de vida da população, que são a diabetes e a hipertensão”, analisa o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Para ter acesso aos medicamentos disponíveis no Saúde Não Tem Preço, o usuário deve apresentar CPF, documento com foto e receita médica, exigida pelo programa para evitar os casos de automedicação e como uma forma de incentivar o uso racional do medicamento e a promoção da saúde. Os remédios estão disponíveis em mais de 15 mil farmácias e drogarias do país da rede privada q que são credenciados ao programa Aqui Tem Farmácia Popular.