Publicado em: quarta-feira, 22/02/2012

Saúde pública é tema da Campanha da Fraternidade 2012

Saúde pública é tema da Campanha da Fraternidade 2012 O assunto da Campanha da Fraternidade de 2012 é saúde pública. A nova campanha será apresentada aos fiéis nas missas desta quarta-feira de cinzas (22). O anuncio oficial será feito pelo secretário da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, às 14h, na sede da CNBB, em Brasília. O título “Que a saúde se difunda sobre a terra” foi retirado do livro do Eclesiástico e o cartaz foi inspirado no texto do Bom Samaritano. O cumprimento entre o profissional de saúde e os usuários dos serviços de saúde representa acolhida e confiança.

Para a cerimônia de Brasília são esperadas as seguintes autoridades: o ministro da saúde, Alexandre Padilha; o sanitarista Nelson Rodrigues dos Santos; o Gestor de Relações Institucionais da Pastoral da Criança, Clovis Boufleur; e André Luiz de Oliveira, membro da equipe de assessoria da Pastoral da Saúde do Conselho Episcopal Latino-americano.

O objetivo da ação em 2012, segundo líderes católicos, é cobrar das autoridades soluções para o principal problema enfrentado pela população brasileira: hospitais superlotados. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pretende trabalhar com a intenção de melhorar uma área de muita carência no Brasil. O lançamento da campanha marca o início da quaresma, período importante para os católicos, pois significa tempo de penitência e reflexão.

Campanha da fraternidade existe desde 1964

A Campanha da Fraternidade é realizada desde 1964 pela igreja católica. O objetivo deste trabalho social é mobilizar as comunidades católicas de todo o Brasil para envolver também outros setores da sociedade no debate do tema escolhido. Todos os anos a CNBB lança um assunto novo para debate e são produzidos vários materiais de divulgação para uso nas igrejas. A campanha ocorre sempre durante o período de Quaresma e a texto-base é preparado por uma comissão de especialistas.