Publicado em: quarta-feira, 06/06/2012

Saúde de Hosni Mubarak piora depois de condenação

A agência estatal de notícias afirmou, nesta quarta-feira (6), que a saúde do ex-ditador egípcio, Hosni Mubarak, piorou depois que este foi para a prisão, no sábado. O ex-ditador, de 84 anos, foi mandado para a cadeia para poder cumprir a pena perpétua a ele sentenciada. De acordo com a agência, Mubarak deve ser encaminhado para um hospital.

O ex-ditador teve de respirar com a ajuda de aparelhos por cinco vezes nas últimas horas. Além disso, de acordo com a agência Mena, a qual cita algumas fontes militares, os médicos pediram para que Mubarak seja encaminhado para um hospital, militar ou de grande porte.

Saúde do ex-ditador

De acordo com a agência de notícias estatal, Hosni Mubarak está com a saúde prejudicada. Segundo informações, o ex-ditador egípcio sobre de uma intensa depressão, colapso nervoso e pressão alta. Mubarak foi condenado e a sentença declarada foi à prisão perpétua. O ex-ditador foi condenado por responsabilidade às mortes de protestantes nos manifestos do ano passado, que resultaram na sua queda do poder.

Com a sentença declarada, nem todos acharam justa a condenação do ex-ditador egípcio. O país está enfrentando vésperas de um segundo turno eleitoral para presidente e, nos últimos dias, teve vários protestos. Os manifestantes queriam que Mubarak tivesse a pena de morte, e também que mais pessoas pagassem pelos crimes de 2011.