Publicado em: sexta-feira, 02/08/2013

Sarney é internado após sofrer um derrame

Sarney é internado após sofrer um derrameO senador José Sarney (PMDB-AP) acabou sendo transferido no final da tarde desta quinta-feira (1º) para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Sírio-Libanês, que é localizado na capital paulista.

Ainda no comecinho da noite, o ex-presidente da República acabou tendo picos de febre e também tremores. Ele precisou ser submetido á novos exames que chegaram a apontar uma grande piora no seu quadro de infecção pulmonar. O boletim médico declarou que as tomografias feitas apenas demonstraram que houve um derrame pleural bilateral, que pode ser explicado como um acúmulo de líquido localizado nas duas membranas da região pulmonar. Acabou sendo detectadas ainda, outras duas recentes infecções pulmonares.

Por conta desse fato, a equipe que é liderada pelo médico Roberto Kalil, por David Uip e também por Carlos Gama, tomou a decisão de transferi-lo para uma unidade da UTI.

O novo resultado desses novos exames acabou fazendo com que um dos antibióticos que Sarney estava tomando, acabasse sendo substituído por outros dois. Isso que dizer que no total, ele está precisando que três medicamentos completamente diferentes sejam aplicados. Sarney está apresentando um quadro de infecção muito grave, e a causa ainda não foi encontrada pelos médicos. Por enquanto a equipe decidiu não descartar a possibilidade de que ele possa ter contraído dengue, assim como alguns parentes afirmaram para a imprensa na noite de ontem. Segundo informações divulgadas pelo infectologista David Uip, o senador estaria consciente, se alimentando e falando normalmente com todos os médicos na UTI.

O peemedebista chegou a receber ontem a visita do também ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva. Uip disse que o seu quadro por enquanto inspira muitos cuidados, tudo por conta de sua avançada idade (83 anos) e também ao seu histórico de problemas cardíacos. Sarney acabou sendo internado neste domingo no UDI Hospital, em São Luís (MA), depois de sentir muita febre e muitos calafrios. O ex-presidente acabou tendo alta da instituição maranhense na quarta, perto das 7h30. Neste mesmo dia ele conseguiu chegar á tempo no Hospital Sírio-Libanês.