Publicado em: quarta-feira, 25/04/2012

Sarkozy diz que a França não pode receber estrangeiros

Nesta terça-feira (24), o presidente da França, Nicolas Sarkozy, afirmou que o país não poderá mais receber tantos estrangeiros. O candidato conservador para a reeleição, que acontece no dia 6 de maio, afirmou que irá diminuir pela metade o número de pessoas de outros países que chegam todo ano na França.

Além disso, Sarkozy afirmou que todos aqueles que desejarem ir à França deverão ser submetidos a um exame do idioma do país. Desta forma, segundo o presidente, a pessoa irá mostrar se irá conseguir se integrar. No primeiro turno das eleições presidenciais, Nicolas Sarkozy teve 27,18% dos votos, sendo que o candidato socialista François Hollande confirmou as pesquisas ficando em primeiro lugar com 28,63%.

Eleição

Sarkozy disse para a TV pública “France 2”, que seu oponente tem como objetivo “regularizar o mundo”. Sarkozy também disse que Marine Le Pen, candidata de extrema-direita, não irá decidir a segunda etapa das eleições, mesmo com uma porcentagem expressiva de 17,9%.

O atual presidente avaliou os votos recebidos por Marine Le Pen como “uma forma de dizer aos outros: tome conta da nossa situação”. As pesquisas de intenção de voto afirmam que Hollande vencerá as eleições no segundo turno. No entanto, Sarkozy afirmou que as pesquisas mostravam que a votação teria uma vasta abstenção, o que não ocorreu.