Publicado em: quinta-feira, 26/09/2013

São Paulo x Universidad Católica-CHI: Tricolor estreia na disputa pelo bicampeonato da Copa Sul-Americana 2013

Copa Sul-Americana 2013Sem chances de brigar pelo título no Campeonato Brasileiro, o São Paulo inicia nesta quinta-feira (26), a disputa pelo bicampeonato da Copa Sul-Americana, às 22 horas, contra a Universidad Católica do Chile, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Atual campeão do torneio continental, o Tricolor continua na briga contra o rebaixamento na competição nacional, entretanto, tem a chance de ‘salvar’ a temporada com uma conquista.

Os times se enfrentaram na edição de 2012 da Copa Sul-Americana pelas semifinais. Naquela ocasião, o Tricolor se classificou para a decisão do título com um empate por 1 a 1 em Santiago, e outro empate, sem gols, no Morumbi.

Para esse jogo, o treinador do São Paulo, Muricy Ramalho, mudou o esquema de jogo do 4-2-3-1 para o 3-5-2 e fez quatro alterações em relação ao time que encarou o Goiás no último domingo (22), pelo Brasileirão. Com desgaste físico, o polivalente Rodrigo Caio dará lugar a Wellington, que formará dupla de volantes com Maicon, que volta ao time após cumprir suspensão automática, na vaga de Denilson, que está com uma lesão na coxa direita.

Poupado, Jadson ficará como opção no banco de reservas para a volta do lateral direito Douglas, recuperado de lesão. Com isso, Paulo Miranda, que vinha sendo utilizado na ala, formará o trio de zagueiros com Rafael Tolói e Antônio Carlos.No ataque, Aloísio ganha a vaga de Welliton e faz dupla com Luis Fabiano.

Universidad Católica buscará gols fora de casa para ter vantagem no critério desempate

Já a Universidad Católica do técnico Martín Lasarte jogará no tradicional esquema 4-4-2. Com força máxima, o time chileno tentará marcar gols nesta noite no Morumbi. A aposta é no jovem atacante Nicolas Castillo, que inclusive marcou um gol sobre o Tricolor no ano passado, na fase semifinal da Sul-Americana.

O juiz da partida será Dario Ubriaco, que será auxiliado por Carlos Pastorino e Carlos Changala. O trio de arbitragem é do Uruguai.