Publicado em: segunda-feira, 19/10/2009

São Paulo terá banda larga popular

José Serra, governador de São Paulo, anunciou nesta quinta-feira a isenção da alíquota de 25% do ICMS para os planos de banda larga que se destinam às pessoas de baixa renda.

Com isso, a assinatura do serviço em 501 cidades do estado de São Paulo deverá custar até R$29, 80, tendo como velocidade mínima 200 kbps e máxima de 1Mbps. Porém, o serviço só valerá para quem adquirir o serviço depois da isenção, ou seja, antigos clientes não receberão o benefício.

Até então, o preço mínimo para adquirir um plano de internet de banda larga no estado era de R$50. O novo valor incluirá o modem, a instalação e o serviço do provedor e será cobrado na conta de telefone do cliente.

A operadora Telefônica foi a única empresa que confirmou a sua participação no programa de Banda Larga Popular. De acordo com a empresa, o serviço começará a ser disponibilizado a partir do dia 9 de novembro.