Publicado em: sexta-feira, 10/08/2012

São Paulo tem 17 cidades com apenas um candidato a prefeito

São Paulo tem 17 cidades com apenas um candidato a prefeitoNo estado de São Paulo, eleitores de 17 cidades terão apenas uma opção de prefeito nas eleições de sete de outubro. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, em 17 cidades do interior do estado há apenas um candidato a prefeito. Esse levantamento foi feito tendo como base os 645 municípios do estado. Nos demais há pelo menos dois candidatos. No caso das candidaturas únicas, os eleitores ficam restritos na sua decisão, não tendo opção de escolha para eleger quem deve governar a cidade por mais quatro anos. Em 13 das 17 cidades, há menos de 6 mil habitantes, caracterizando municípios pequenos. Além disso, todas elas estão há, pelo menos, 300 quilômetros da capital, São Paulo. Dentre os municípios com apenas um candidato, o maior deles é Agudos, com 34.524 habitantes. De acordo com os dados do levantamento realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade possui 28.143 eleitores. O município tem como base a agricultura e a pecuária e o Produto Interno Bruto (PIB) per capita é de R$ 20,8 mil. Analisando-se a posição do município no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o patamar é médio, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). A nota recebida foi de 0,78 numa escala de 0 a 10.

Municípios com apenas um candidato apresentam baixo PIB

Fazendo-se uma análise do perfil dos municípios com apenas um candidato, observa-se que a média do PIB per capita é de R$ 18,4 mil. Esse valor fica bem abaixo da média do estado todo que é de R$ 26,2 mil. Dentre os 17, o que possui PIB mais baixo é Balbinos, com R$ 4,5 mil. Para comparar, em São Paulo, o PIB per capita é de R$ 39,8 mil. Em todo o país, são 106 municípios que possuem, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas um candidato ao cargo de prefeito. Isso equivale a 1,9% to total de municípios brasileiros.