Publicado em: quinta-feira, 03/05/2012

São Paulo perde para a Ponte e vê ameaça de crise

Três dias depois de perder o clássico para o Santos e ser eliminado do Campeonato Paulista, o São Paulo foi derrotado novamente. Desta vez o revés foi para a Ponte Preta, na noite de quarta-feira (02), pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Jogando no Moisés Lucarelli, pela partida de ida, o tricolor paulista perdeu, com um gol de Roger anotado para a Ponte, e viu um princípio de crise se instaurar no Morumbi. Isto porque além da segunda derrota seguida, a direção tricolor entrou em conflito com o técnico Emerson Leão.

Horas antes do confronto em Campinas, a cúpula do São Paulo anunciou que o zagueiro Paulo Miranda foi afastado, sob justificativa de ‘preservar a carreira’ do jogador, acusado de falhar em dois gols da derrota para o Santos. O treinador são-paulino foi contrário à decisão, e contava com o zagueiro para a Copa do Brasil.

No dia 10 de maio acontece o confronto de volta entre as duas equipes, no Morumbi, e para se classificar para as quartas de final, o São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença. Já a Ponte pode empatar ou até mesmo perder por um gol de diferença, desde que marque na casa do adversário, que estará classificada.