Publicado em: terça-feira, 08/05/2012

São Paulo não desiste de Oscar e entra com recurso no TST

Desconte com o habeas corpus concedido pelo Ministro do Superior Tribunal do Trabalho (TST) Guilherme Caputo Bastos, que liberou o meia Oscar para atuar pelo Inter, o São Paulo entrou com um novo recurso para reaver o jogador.

De acordo com o Ministro, o meia não era ‘escravo’ do São Paulo e poderia atuar “onde quiser’. Mas o clube, através do seu advogado, Carlos Ambiel, entrou nesta segunda feira (7) com uma ação.

Também nesta segunda, o jogador compareceu sozinho ao gabinete de Caputo Bastos para reafirmar a sua vontade de permanecer no Internacional e explicar toda a situação para o Ministro.

Segundo Bastos, Oscar disse que não gostaria de retornar ao clube do Morumbi, mas que nunca foi mal tratado e sempre se deu bem com todos por lá. O jogador quis sair do São Paulo para poder ganhar mais no Internacional.