Publicado em: terça-feira, 10/07/2012

São Paulo – Lucas admite que Leão atrapalhava seu futebol

O meia Lucas, do São Paulo, teve problemas durante a passagem de Emerson Leão pelo clube do Morumbi. Os desentendimentos chegaram a se tornar público, com o técnico chegando a fazer cobranças ao jogador durante as entrevistas coletivas. Agora, após a saída do treinador, o meia admite que não rendia tanto por conta das instruções passadas pelo técnico.

Lucas explicou que Leão o escalava aberto na ponta, o que obrigava ele a acompanhar o lateral, inclusive defensivamente, fazendo com que ele se desgaste facilmente. Na última segunda-feira (09), o jogador do São Paulo admitiu que esta função ‘atrapalhava um pouco’. Na análise do jogador, o fato de ter muitas obrigações defensivas fazia com que ele não tivesse a mesma força na hora de apoiar.

A relação entre Lucas e Leão não foi das mais tranquilas no São Paulo. Este ano, após a partida contra o Independente, do Pará, pela Copa do Brasil, o jogador desabafou no Twitter, em que afirmava não entender as queixas do treinador, dizendo que quando ele ‘partia para cima’ Leão se queixava, assim como quando ele ‘tocava de lado’.

Leão fez algumas queixas públicas sobre Lucas, afirmando que o meia exagerava nas jogadas individuais. Na partida seguinte o jogador, em uma clara manifestação de insatisfação, abusou dos toques para o lado. O empresário do jogador, Wagner Ribeiro, chegou a afirmar que Lucas sendo treinado por Leão era um ‘desperdício’ do bom futebol de seu atleta.

Apesar das queixas e dos desentendimentos, Lucas afirmou que seu relacionamento com Leão era ‘normal’ e que o caso de seu desabafo no Twitter foi um ‘caso atípico’. Apesar de assegurar que não tinha problemas com o antigo treinador, o meia festejou a chegada de Ney Franco, técnico com quem trabalhou na seleção brasileira sub-20 e foi responsável por alguns dos melhores momentos do jogador, sempre jogando de forma mais ofensiva, sem grandes responsabilidades de marcar.