Publicado em: sexta-feira, 03/05/2013

São Paulo e Galo voltam para o Morumbi e apostam nos seus camisas 10

São Paulo e Galo voltam para o Morumbi e apostam nos seus camisas 10Não é por acaso, mas os meias Jadson e Ronaldinho Gaúcho utilizam o número que foi eternizado por Pelé e o característico para jogadores com maior talento em um clube. Nesta quinta-feira (2), a partir das 20h15m, no Estádio do Morumbi, vai depender dos pés deles o futuro tanto de São Paulo quanto de Atlético-MG na Copa Libertadores. Após ter campanhas diferentes no mesmo grupo na primeira fase, o Tricolor faz apostas no histórico que tem na competição e de poder reagir durante a reta final frente a um Galo que até o momento é arrasador.

Além de liderarem os seus clubes, os dois meio-campistas estão lutando para ter espaço na seleção brasileira que irá disputar a Copa das Confederações no próximo mês. Ronaldinho é um nome que está praticamente confirmado na lista do técnico Luiz Felipe Scolari Felipão, e Jadson está precisando de boas atuações em confrontos de peso para que possa convencer Felipão de que pode participar do grupo.

Para que consiga isso, o jogador precisa que São Paulo melhore. A vitória de 2 a 0 no próprio Atlético-MG, em que Ronaldinho disse ser um treino para o time mineiro, durante a última rodada da fase de grupos, não apenas classificou o Tricolor como também retirou a crise que rondava o clube paulista. Mesmo com suas cinco eliminações para clubes brasileiros, o São Paulo está agarrado com o retrospecto positivo por ter vencido três títulos da competição.

Já o Galo vem forte por ter a melhor campanha na primeira fase dos grupos, e voltará a jogar a partida a sério para que consiga o título inédito na competição. A espera em Minas é enorme para que o Galo possa ganhar o primeiro título na Copa Libertadores. Para a partida entre brasileiros a Conmebol colocou um trio de arbitragem do Paraguai, onde apita Antônio Arias, e Carlos Cáceres e Darío Gaona serão os assistentes.