Publicado em: terça-feira, 09/07/2013

São Paulo coloca limite para novo treinador e prazo para anúncio aumenta para final da semana

São Paulo coloca limite para novo treinador e prazo para anúncio aumenta para final da semanaA diretoria são-paulina aumentou o prazo para que ocorra o anúncio do novo técnico da equipe do Morumbi. Mesmo que o acerto junto a Paulo Autuori pareça estar próximo, o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes do São Paulo, não apontou que este seja o nome que a diretoria quer e chegou a admitir que este acordo poderá não ocorrer até a terça-feira (9), data que a direção queria que tudo fosse resolvido. Fora isso, o dirigente afirmou que a equipe deve manter o teto salarial para o novo profissional, ele afirma que o novo técnico será anunciado até quinta ou sexta-feira dessa semana.

Paulo Autuori teve força nos bastidores da equipe desde a sexta-feira (12), pois Muricy Ramalho, que era a outra opção, tem salários astronômicos e que estão fora da realidade da equipe Tricolor, porém, Jesus Lopes pensa que o tricampeão brasileiro poderia aceitar diminuir sua remuneração se o São Paulo o convidasse, pois segundo ele o futebol é dinâmico e cita exemplo do Luis Fabiano, que mesmo agora insatisfeito, quando veio para a equipe aceitou receber um valor bem inferior ao que ganhava enquanto estava na Europa e ainda aponta que o mesmo ocorreu com Adriano, que teve passagem boa pela equipe e recebia dez vezes menos que enquanto esteve na Europa.

Se for pensar apenas no salário, a equipe deverá seguir para Autuori, que ganha no Vasco um valor menor que o teto são-paulino. Fora exigir números que estejam na política financeira da equipe do Morumbi, Jesus Lopes reitera ainda que o São Paulo não está de acordo com pagar uma multa rescisória em um contrato para o novo treinador. Ele afirma que ambas as partes deverão ficar felizes e satisfeitas, porque quando isso terminar, os treinadores podem ir atrás de outra instituição e o clube uma nova pessoa.