Publicado em: sexta-feira, 10/02/2012

São Bernardo: edifício que desabou parcialmente é interditado

A prefeitura de São Bernardo interditou o Edifício Senador, que desabou parcialmente no início da semana. A decisão de interditar o local ocorreu após alguns proprietários irem até o prédio buscar seus pertences durante a noite, sendo que a entrada só era permitida durante o dia.

Por medidas de segurança, o edifício ficará interditado por tempo indeterminado. Estão sendo realizadas perícias e, como a remoção de escombros já terminou, agora os bombeiros trabalham na parte de limpeza, retirando janelas e pedaços de construção que possam vir a cair.

O imóvel foi cercado por tapumes. Ainda não se sabe o que causou o desabamento, que aconteceu na noite de segunda-feira, quando as vigas internas de 13 dos 14 andares vieram abaixo. Ao todo, o prédio tinha 74 salas, incluindo consultórios médicos, escritórios e uma lanchonete.

O edifício é comercial da década de 70 e estava com o alvará em dia. Seis pessoas ficaram feridas no acidente, duas morreram. A polícia investiga se a laje que passou por obras contra infiltrações pode ter sido a responsável pelo acidente. O síndico do prédio negou ontem que a causa do desabamento esteja relacionada ao reparo.