Publicado em: quarta-feira, 22/06/2011

Santos x Peñarol – final da Taça Libertadores da América

Após 49 anos dois dos mais tradicionais times da América voltam a decidir uma final de Libertadores. Santos e Peñarol se enfrentam na noite desta quarta-feira (22) às 21h50 (de Brasília) no Pacaembu, em São Paulo.

O primeiro confronto terminou empatado em 0 x 0 no estádio Centenário, no Uruguai. Mas na final da Libertadores o critério do gol fora de casa não é válido e quem vencer leva a taça. Se a partida terminar empatada será jogada uma prorrogação de 30 minutos e se persistir a igualdade o título será decidido na disputa por pênaltis.

O Peñarol quer vingar a derrota na final de 1962 no qual o time de Pelé venceu a partida derradeira por 3 x 0. Para isso as apostas estão sob o meia-atacante Martinuccio, destaque da equipe.

Jonathan, lateral direito, deve ser o único problema do técnico Muricy Ramalho para a partida. Danilo deve ser deslocado para a posição abrindo espaço assim para a volta meia Paulo Henrique Ganso, recuperado de lesão, que deve começar jogando.

O Santos deve iniciar a partida com a seguinte formação: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo.