Publicado em: terça-feira, 10/07/2012

Santos – Reunião na quarta-feira deve definir futuro de Ganso

Uma reunião entre a direção do Santos e o empresário Delcyr Sonda (dono do grupo DIS) está agendada para a próxima quarta-feira (11). Na pauta está o futuro do meia Paulo Henrique Ganso e sua provável saída do clube da Vila Belmiro.

Dono de 55% dos direitos federativos de Ganso, o DIS deseja adquirir o restante da porcentagem, atualmente em mão dos santistas. A intenção, segundo Delcyr, é fazer com que desta maneira o camisa 10 possa deixar a Vila Belmiro. O Internacional e o futebol europeu seriam as duas principais alternativas para o futuro do jogador, que atualmente está com a seleção brasileira, se preparando para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres.

Delcyr afirmou que Ganso não está satisfeito com o Santos. De acordo com o empresário, o meia se sente desvalorizado com os planos futuros estabelecidos pela diretoria alvinegra, que priorizaria o atacante Neymar e deixaria o meio-campista em segundo plano. Recentemente Ganso afirmou publicamente que não gostou da proposta de reajuste salarial feita pelos dirigentes do Santos.

Ao ter todos os direitos federativos do jogador, o DIS poderia decidir para onde Paulo Henrique Ganso iria. Na atual situação, os investidores precisam que o Santos concorde em negociar o atleta. O vice-presidente do clube paulista, Odílio Rodrigues Filho afirmou que se os empresários desejam adquirir a porcentagem restante do jogador, deverão ‘vir com o dinheiro’.

Com bom trânsito no Internacional, Delcyr pode colocar Paulo Henrique Ganso no clube gaúcho ainda esta temporada. O empresário afirmou que o meia deseja atuar por pelo menos mais uma temporada no futebol brasileiro, antes de aceitar uma eventual proposta de um clube europeu. Em baixa, por conta de lesões e atuações apagadas, o meia acabou perdendo espaço dentro do futebol brasileiro, e as propostas de transferência para o exterior, que antes eram maiores, atualmente quase não existem.