Publicado em: quinta-feira, 21/06/2012

Santos – Muricy diz que foi campeão brasileiro em outras eliminações da Libertadores

O técnico do Santos, Muricy Ramalho, apelou para um tom otimista após a eliminação na Copa Libertadores da América, ocorrida na noite da última quarta-feira (20), diante do Corinthians. O treinador lembrou de seus feitos à frente do São Paulo, quando também acabou perdendo na competição continental.

Muricy disse que nas vezes em que foi eliminado da Libertadores, em 2006, 2007 e 2008, quando ainda treinava o tricolor paulista, conseguiu assimilar as frustrações na competição continental e se recuperar a tempo para faturar os títulos do Brasileirão. Na análise do técnico, o Santos deixou a Libertadores deste ano ‘de cabeça erguida’, e irá com forças suficientes para brigar pelo título nacional.

O treinador santista entende que se o Santos tivesse deixado a Libertadores muito mal, teria dificuldades em recuperar seus jogadores. No entanto, Muricy entende que a performance de sua equipe foi boa, e logo, tem plenas condições de brigar pelo título nacional. O técnico aponta como principal feito na Libertadores ter chegado entre os quatro melhores do continente e ter tido boas atuações.

Nos anos em que era técnico do São Paulo, Muricy Ramalho acumulou eliminações para times brasileiros (Internacional, Grêmio e Cruzeiro) mas conseguiu ser campeão brasileiro. A exceção ocorreu em 2009, quando perdeu para o Inter, e depois de deixar o São Paulo assumiu o Palmeiras, onde, embora tenha chegado a brigar pelo título, sequer conseguiu colocar o time alviverde entre os quatro melhores.

A tarefa de conduzir o Santos ao título do Brasileirão deste ano passa, inevitavelmente, por uma recuperação na tabela. Por ter dado prioridade à Libertadores, o alvinegro da Vila Belmiro acabou acumulando resultados ruins nas primeiras rodadas. Os santistas ocupam a 17ª colocação, com apenas três pontos em cinco rodadas. No fim de semana a equipe de Muricy terá pela frente o Coritiba, em casa.