Publicado em: segunda-feira, 19/12/2011

Santos mudou esquema contra o Barcelona sem treinar

O técnico Muricy Ramalho resolveu inovar e escalou o Santos com três zagueiros para a partida diante do Barcelona pela final do Mundial de Clubes da Fifa. Entretanto, a aposta do treinador não deu muito certo e a equipe brasileira acabou derrotada por 4 x 0.

Em 49 partidas como técnico do Santos, Muricy utilizou três zagueiros em apenas seis oportunidades, uma delas contra o Barcelona. Geralmente, a formação era escolhida por conta dos desfalques do time. Mas contra a equipe espanhola Muricy quis surpreender e acabou surpreendido.

Desde a chegada da delegação ao Japão, não houve nenhum treinamento coletivo. Apenas atividades leves, de fundamentos, e uma específica de saída de bola rápida. Com três zagueiros, o time nunca treinou especificamente e acabou perdido com a escalação de Edu Dracena, Bruno Rodrigo e Durval, com Léo e Danilo nas alas.

Desde a conquista da Libertadores da América, Muricy disse que não mudaria o esquema de jogo campeão (4-3-1-2) para encarar o Barcelona. Nem mesmo durante a reta final do Brasileirão, período utilizado para preparar o time para o mundial, o 3-5-2 foi escolhido.