Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Santos diz que Neymar sofreu racismo por parte dos bolivianos

O Santos ainda não cessou suas reclamações sobre os episódios ocorridos na derrota para o Bolívar, em La Paz, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O time alvinegro voltou a acusar a torcida boliviana de racismo.

O presidente do Santos, Luis Álvaro Oliveira Ribeiro, voltou a dizer que o atacante Neymar foi atingido por uma banana, e que isto é um episódio claro de racismo. Já o clube boliviano alega que o que foi atirado na verdade foi uma laranja. O próprio Neymar admite que não sabe que objeto o atingiu.

Imagens mostram uma fruta redonda, mas Luis Álvaro garante que o jogador foi atingido por uma banana, mas que o fato acabou não sendo registrado pelas câmeras. O Bolívar admite que objetos possam ter sido atirados no campo, e diz que já investiga o caso.

O técnico Muricy Ramalho já havia reclamado do comportamento da torcida boliviana, e foi o primeiro a dizer que uma banana havia sido arremessada em direção ao gramado. A Conmebol não se pronunciou sobre o caso, e disse que espera o relatório da partida para tomar qualquer atitude.