Publicado em: quinta-feira, 13/03/2014

Santos de Oswaldo tem números superiores ao do “Santos de Neymar”

Santos de Oswaldo tem números superiores ao do Santos de NeymarO atual elenco do Santos está longe de ter grandes nomes como Neymar, Ganso e Robinho, como em 2010. Contudo, a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira vem encantando o torcedor com uma campanha impressionante no Paulistão. Após treze rodadas, a equipe tem dez vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Em termos de aproveitamento, a equipe divide a liderança com o Palmeiras, que tem o mesmo número de pontos.

Artilharia

Mas, quando o assunto são gols, o Verdão fica bem para trás. A equipe de Gilson Kleina, até o momento, marcou 23 vezes e sofreu nove gols. O Peixe, embora tenha sofrido três gols a mais (o Palmeiras tem a melhor defesa da competição), marcou 34 gols, média de 2,6 por jogo.

A equipe comandada por Oswaldo de Oliveira ainda não conquistou títulos como o “Santos de Neymar”, de 2010. Mas, se levarmos em conta os números, o novo Santos promete dar muito trabalho nas competições que disputará na temporada. Após treze rodadas do Campeonato Paulista, a equipe de 2010 havia marcado 33 gols, um a menos do que o elenco atual. Em relação aos gols sofridos, o Santos de Dorival Júnior também fica atrás, tendo levado um a mais.

Gols

Uma das diferenças essenciais entre as duas equipes é o trabalho em grupo. Enquanto o Santos de 2010 era famoso pela eficiência “do meio para frente”, o elenco atual se mostra mais completo, apresentando um futebol envolvente em todos os setores. Isso se reflete no número de atletas que já marcaram na temporada: em 2010, após treze rodadas do Paulistão, o Santos tinha oito marcadores – Neymar era o artilheiro da equipe, com oito gols, seguido por André, com sete.

Hoje, a divisão de gols está muito mais “democrática”: com cinco gols, temos Thiago Ribeiro, Cícero, Geuvânio e Gabriel. Até o momento, treze atletas santistas já balançaram as redes.

As goleadas também se tornaram mais numerosas: em 2010, no mesmo período do Paulistão, o Santos de Neymar já havia aplicado três goleadas. Com Oswaldo de Oliveira, neste ano, foram cinco – uma delas contra o Corinthians, por 5 a 1. O Santos também goleou a boa equipe do Botafogo de Ribeirão Preto, que lidera o grupo do Corinthians e já está classificada para as fases finais, por 5 a 1. Curiosamente, três das goleadas aplicadas pelo Santos na temporada vieram nos três últimos jogos da equipe, contra Bragantino, Mogi Mirim e Oeste, o que pode indicar uma ascensão ainda maior da equipe, que já é vista como favorita nas fases finais.

Títulos

Ainda é cedo para projetar os títulos do Santos de Oswaldo de Oliveira. Afinal, muitos dos triunfos são decididos nos detalhes, especialmente em competições com mata-mata. Mas, se mantivermos a comparação, esta equipe pode ter muita esperança em 2014: há quatro anos, o Santos de Robinho, Neymar, Ganso e André terminou o primeiro semestre com 111 gols marcados, além dos títulos do Paulistão e da Copa do Brasil.