Publicado em: quinta-feira, 16/02/2012

Santorum diz que pílulas anticoncepcionais são um perigo para a sociedade

O candidato à vaga de representante do partido Republicano nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, Rick Santorum, afirmou, nesta quarta-feira (15), que o uso das pílulas anticoncepcionais é um risco para as mulheres e para a sociedade em geral, e afirmou que o sexo antes do casamento é uma prática “imoral”. As declarações causaram alvoroço nas redes sociais norte-americanas.

Nas pesquisas mais recentes, Santorum aparece empatado tecnicamente com Mitt Romney, ex-governador de Massachusetts e antigo favorito à indicação dos republicanos para concorrer com Barack Obama pela vaga na Casa Branca. Santorum afirmou que o sexo deveria ser considerado algo “especial” e afirmou que “a maneira perfeita para a união sexual ocorrer” é a procriação.

As declarações levaram comentaristas políticos a criticarem a postura de Santorum. Matt Lewis, do Daily Caller, afirmou que as falas do candidato podem ser consideradas “a surpresa de outubro”. Já Michael Scherer, colunista da revista Time, disse que apenas 8% dos eleitores consideram os anticoncepcionais como imorais e perguntou qual seria o objetivo de Santorum com as declarações.

Rick Santorum é católico e tem sete filhos. Até o momento, ele se lançou como o candidato republicano mais conservador entre os quatro que ainda disputam uma vaga para as eleições presidenciais. De fato, ele conseguiu somar o maior número de votos entre os eleitores que pertencem à direita religiosa. Ele também prometeu que, caso seja eleito presidente dos Estados Unidos, o casamento homossexual será proibido e tentará rever a lei de 1973 que legaliza o aborto no país.