Publicado em: quarta-feira, 04/01/2012

Sanções econômicas começam a incomodar o Irã

Os Estados Unidos afirmaram ontem (03) que a ameaça mais recente do Irã, de tomar medidas se a Marinha dos EUA transportasse um porta-aviões para o Golfo era apenas um sinal de que as sanções econômicas da comunidade internacional estão pressionando cada vez mais o Teerã.

“Nós vemos essa ameaça do Teerã como uma crescente evidência de que a pressão internacional está começando a incomodá-los”, afirmou a porta-voz do Departamento de Estado Victoria Nuland. “Eles estão se sentindo cada vez mais isolados e estão tentando desviar a atenção de seu povo das dificuldades dentro do Irã”.

O Pentágono, por sua vez, afirmou que não está buscando um confronto com o Irã em relação à passagem pelo Estreito de Hormuz. Assim como a indeferição da ameaça militar iraniana que pretendia manter porta-aviões americanos para fora do Golfo.

“O nosso interesse é manter segura a passagem marítima de navios que transitam pelo Estreito de Hormuz. Esse é o nosso desejo”, afirmou George Little, porta-voz do pentágono. Os militares americanos afirmaram que irão continuar enviando grupos de porta-aviões ao Golfo.