Publicado em: quarta-feira, 27/02/2013

Samsung vai apresentar Galaxy S 4 em 14 de março na terra da Apple

Samsung vai apresentar Galaxy S 4 em 14 de março na terra da AppleA empresa Samsung Electronics informou que vai lançar o seu novo smartphone Galaxy S na cidade de Nova York, em 14 de março, e vai levar a luta para que tenha supremacia no setor para o território da Apple, após supostamente receber diversos pedidos feitos por operadoras de telefonia móvel dos Estados Unidos.

Vai ser a primeira vez desde 2010 que o grande modelo da linha Galaxy vai ser lançado no país, informou o porta-voz Chenny Kim da Samsung, e este lançamento vai acontecer em meio à grande campanha de publicidade que a Samsung tem feito nos Estados Unidos zombando de maneira gentil os fãs da Apple.

O presidente da divisão móvel JK Shin da Apple diz que a empresa apresentou o Galaxy S 3 em Londres, em 2012, e para este ano o lançamento foi transferido para Nova York, por causa de pedidos de operadoras da telefonia móvel dos Estados Unidos, de que o Galaxy S IV seja lançado lá.

Esta quarta geração da linha Galaxy S deverá ter tela e câmera com uma resolução melhor do que a do modelo que a precedeu, e processador de quatro núcleos mais rápido.

A companhia sul-coreana mostrou o primeiro Galaxy S em uma feira de tecnologia móvel, nos Estados Unidos, no ano de 2010, o S 2 foi demonstrado de maneira inicial na feira MWC, realizada na Espanha, em 2011, e o Galaxy S 3 foi demonstrado na cidade de Londres no ano passado.

A Samsung Electronics pode até ter perdido a liderança do mercado norte-americano de aparelhos celulares, porém em relação aos termos mundiais a empresa sul-coreana, que conta com um faturamento de 210 bilhões de dólares por ano, deverá ter ampliação da vantagem que tem frente à rival californiana neste ano, tendo ajuda de uma diversa linha de aparelhos.

Investidores da empresa norte-americana Apple estão bastante ansiosos com as perspectivas que a empresa tem frente à intensa concorrência junto aos smartphones da Samsung, que tem preço um pouco menor e são equipados com sistema operacional Android, e o sinal que aponta que o mercado dos smartphones com valor mais caro pode estar próximo da saturação em mercados desenvolvidos.

As ações da Apple tiveram queda de 15% e existem informações que a empresa está reduzindo pedidos de telas e componentes dos fornecedores da Ásia, pois o aumento da concorrência está se desgastando devido a pouca demanda do seu novo iPhone.