Publicado em: terça-feira, 18/10/2011

Samsung tenta impedir vendas de produtos da Apple no Japão e na Austrália

A empresa sul-coreana Samsung entrou com uma ação judicial nesta segunda-feira (17) contra a Apple para tentar impedir a comercialização dos produtos da empresa rival nos mercados japonês e australiano. A iniciativa também pode ser interpretada como uma resposta à proibição conquistada pela Apple que impede a venda do Galaxy Tab 10.1, da Samsung, na Austrália. A Samsung defende que a Apple quebrou o registro de patentes da Samsung por usar tecnologias suas.

Os produtos que a Samsung visa proibir no Japão e na Austrália são o iPhone 4S, Iphone 4 e iPad 2. A sul-coreana entrou com os pedidos nos tribunais de Tóquio e do Estado de Nova Gales do Sul, na Austrália, nos quais defende que a Apple teria quebrado o registro de patentes da sua tecnologia de comunicação sem fio. No caso da Austrália, a Samsung tenta bloquear somente o iPhone 4S, mas no mercado japonês pretende conseguir impedir a venda dos três produtos.

A Samsung já planejava processar a Apple antes mesmo do anúncio oficial do iPhone 4S, sendo que no dia seguinte ao lançamento a empresa entrou com ações na justiça da Itália e França, com pedidos de proibição de vendas do produto nos dois países.

Com relação à proibição da venda do Galaxy Tab na Austrália, a revogação da decisão poderá ser feita somente depois de um ano. Outros países também acataram a decisão, como a Alemanha, pois consideram que o tablet da sul-coreana é extremamente parecido com o da Apple. As duas empresas vem se enfrentando nos tribunais há meses.