Publicado em: segunda-feira, 01/10/2012

Samsung reverte proibição da venda de tablet

Samsung reverte proibição da venda de tabletNesta última sexta-feira (28), foi determinado por um tribunal de apelação nos Estados Unidos que uma instância inferior deverá reconsiderar a proibição dos aparelhos tablet da Samsung. A medida teria sido imposta contra o modelo Galaxy Tab 10.1, da Samsung, depois que a Apple venceu uma disputa de patentes contra a fabricante de eletrônicos da Coréia do Sul.

Esta liminar havia sido apresentada antes do julgamento em que Samsung e Apple se enfrentaram, realizando ainda uma ampla batalha legal, que encerrou no mês passado com a vitória da Apple em vários pontos de sua queixa sobre a quebra de patentes. Entretanto, o júri teria verificado que a Samsung não teria violado a patente no caso da liminar contra o tablet, usada como base para a proibição. A Samsung alegou ainda que o banimento das vendas precisaria ser suspenso. Lucy Koh, a juíza distrital dos Estados Unidos, afirmou que não poderia agir porque a Samsung já havia apelado em outro momento.

O julgamento realizado na sexta feira (28) resultou ainda na decisão da justiça norte-americana, afirmando que Koh poderia agora analisar a questão. A decisão chega pouco antes da Samsung realizar o lançamento da segunda geração do Note, um de seus equipamentos mais bem sucedidos.

A disputa de patentes entre as duas maiores e principais fabricantes de smartphones em todo o mundo acontece em 10 países, também no momento em que Apple e Samsung visam dominar este lucrativo mercado e que vem crescendo rapidamente.