Publicado em: quinta-feira, 17/11/2011

Samsung modifica tablet Galaxy para vender o produto na Alemanha

A sul-coreana Samsung Eletronics vai lançar uma nova versão do Galaxy Tablet 10.1 para o mercado alemão, depois que o tribunal proibiu a empresa de comercializar o produto no país. A Samsung adotou tal estratégia para que o tablet não seja impedido de circular na Alemanha. O tribunal entendeu que o produto violava patentes registradas pela Apple. A empresa norte-americana e a Samsung enfrentam disputas judiciais em tribunais de diversos países.

De acordo com um porta-voz da Samsung, a empresa modificou a borda do dispositivo, mudou a localização do alto-falante e renomeou o tablet de Galaxy Tab 10.1 N. O representante da Samsung reconheceu as mudanças na quarta-feira e declarou “modificamos o modelo para atender às reclamações da Apple”. A princípio o produto havia sido colocado no mercado, mas a ação judicial apresentada pela Apple fez com que o tribunal entendesse que a sul-coreana estava violando as patentes da primeira.

A disputa entre Apple e Samsung começou em abril depois que a norte-americana processou a sul-coreana nos Estados Unidos, mas, nesse caso, o processo abrangeu a linha de smartphones junto aos tablets da concorrente. No caso, a empresa de Steve Jobs entendeu que os smartphones Galaxy imitavam o iPhone, enquanto o tablet Galaxy imitava o iPad.

Além da Alemanha, a Apple também conseguiu bloquear a venda do tablet da Samsung na Austrália e na Holanda e continua com o processo nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, a Samsung entrou com ações contra a Apple na Austrália e Japão, mas estas dizem respeito ao iPhone 4S, versão mais recente do dispositivo.