Publicado em: sexta-feira, 18/11/2011

Saiba que cuidados tomar ao adquirir um imóvel usado

Com o avanço das cidades, os novos imóveis têm apresentado algumas características que afastam os compradores: metros quadrados reduzidos e localização em áreas distantes. Isso tem feito com que os compradores, muitas vezes, estejam optando por apartamento e casas usadas. Geralmente são mais amplos e localizados em bairros com melhor infraestrutura.

Entretanto, quem está atrás desse tipo de imóvel precisa ter atenção redobrada. O advogado José Fernando Cedeño de Barros alerta: “Se o proprietário possui dívidas, por exemplo, isso pode inviabilizar o negócio ou, na pior das hipóteses, levar à anulação da venda posteriormente”.

Um dos cuidados a se tomar é com a documentação que deve ser exigida do vendedor. Estão inclusos a certidão negativa de IPTU e taxas, certidões de quitação de serviços essenciais, certidão negativa de INSS (na justiça Federal/Cível/Criminal e nos cartórios de protesto), matrícula do imóvel no cartório de registros e convenção de condomínio. “São documentos públicos, que estão disponíveis a qualquer pessoa que os solicite nos órgãos competentes. O melhor é exigi-los do comprador”, explica o advogado.

Além da documentação há outros pontos importantes a serem observados. É preciso avaliar a vizinhança, para ver se são receptivos. Outra estratégia pode ser visitar o local em diferentes horários. “Você percebe se existe muito barulho, se há sujeira nas ruas e, até, se há vagas para estacionar nas proximidades, o que é útil quando se recebe visitas”, finaliza Barros.