Publicado em: terça-feira, 08/10/2013

Sai de Baixo volta aos domingos da Globo

Sai de Baixo volta aos domingos da GloboNos Domingos a noite, a Rede Globo volta em breve a exibir a famosa minisérie Sai de Baixo, ocupando na telinha da Globo o mesmo espaço que ocupou na grade da programação durante sua exibição tradicional, entre os anos de 1996 e 2002. O clássico do humor volta à Globo para substituir o seriado norte americano que tem feito sucesso, Revenge, entrando ao ar logo depois do Fantástico. A diferença desta vez é que a emissora vai exibir uma minitemporada inédita na televisão aberta, gravada recentemente pelo mesmo grupo de atores.

A minitemporada contará com apenas quatro novos episódios, com novidades no humorístico. Os novos capítulos foram produzidos para comemorar o aniversário de três anos do canal de televisão fechada Viva, que exibe programas antigos e clássicos da Rede Globo. O material é ainda inédito na televisão aberta, mas foi transmitido já em julho deste ano no canal fechado.

Os episódios novos e mais recentes foram gravados no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, contando com a direção de Dennis Carvalho. O texto foi produzido por Arthur Xexéo e Miguel Falabella, que viveu mais algumas vezes o malandro Caco Antibes. Os atores Luis Gustavo, Marisa Orth, Aracy Balabanian e Márcia Cabrita também retornam para a minitemporada. Os quatro capítulos também contam com as participações especiais de Tony Ramos, Arlette Salles e Ingrid Guimarães.

O programa Sai de Baixo foi uma série brasileira desenvolvida por Luis Gustavo e Daniel Filho, que era exibida nas noites de domingo na rede Globo, entre os dias 31 de março de 1996 até 31 de março de 2002. Os quatro novos capítulos foram gravados entre os dias 11 de junho e 2 de julho de 2013. Além de Miguel Falabella, os episódios foram também escritos por Maria Carmem Barbosa, Rosana Hermann e Euclydes Marinho, dentre outros roteiristas.

Na época de sua primeira edição, o programa foi um grande sucesso de audiência e crítica, mas mesmo com o sucesso entre um público fiel de fãs, acabou sendo cancelado em 2001 pela Rede Globo, que optou por passar a investir no mercado crescente de reality shows. Foi em 2010 que o programa passou a ser reprisado pelo canal Viva. O sucesso inicial do programa se deve a seu diferencial entre os humorísticos exibidos à época, sendo também bastante informal, diferente até mesmo dos modelos dos seriados americanos.