Publicado em: quarta-feira, 11/01/2012

Rússia acredita que sonda deve cair no oceano Índico neste domingo

Autoridades da agência espacial russa informaram que acreditam que a sonda Phobos-Grunt deve cair no oceano Índico, onde não arriscaria atingir nenhuma região populosa. Contudo, ainda não há informações suficientes para determinar o local exato da queda. Especialistas informaram nesta quarta-feira (11) que será possível identificar a região da queda apenas três dias antes de atingir a superfície da Terra. No momento, espera-se que a queda aconteça no domingo (15).

Além de acreditar que a sonda atinja a superfície terrestre no próximo final de semana, a agência russa também informou que calcula que o momento da queda aconteça às 07h18 (horário de Brasília) e que seja em uma localidade próxima a Jacarta. Antes dessa definição, os cientistas russos sabiam que os pedaços da sonda poderiam atingir a Terra entre sábado e domingo, mas o limite da localização não era muito preciso, pois só excluia habitantes da Rússia, Escandinávia e de parte do Canadá.

A intenção da agência russa é que a Phobos-Grunt tivesse sido lançada ao espaço em novembro, mas a sonda ficou presa na órbita da Terra. No primeiro momento, os responsáveis pela operação tentaram retomar o contato para fazer com que a Phobos-Grunt seguisse seu rumo original, mas não obtiveram sucesso.

Naquele momento, o objetivo da Phobos-Grunt seria passar dois anos e meio em uma das luas de marte, também chamada de Phobos. A sonda recolheria amostras do solo e retornaria à Terra com o material. Essa teria sido uma oportunidade para que a Rússia voltasse a se destacar no campo da exploração espacial.