Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Roteirista diz que Batman é muito gay

Grant Morrison, de 52 anos, fez, por muitos anos, os roteiros das histórias em quadrinhos de um dos super-heróis mais admirados por crianças, jovens e adultos: o Batman. Em uma entrevista para a edição de maio da revista “Playboy”, Morrison afirma que o personagem é muito gay, mas que isso não quer dizer um termo pejorativo.

Morrison afirma que, por ser ficcional, o personagem deve ser heterossexual. No entanto, segundo o roteirista, o conceito do personagem foi baseado totalmente na atmosfera gay, sendo que isso faz parte dele, o que não se pode negar.

Agradar o público

Morrison acredita foi justamente esta característica que fez com que as pessoas gostassem tanto de Batman. O roteirista conta que todas as mulheres da história o amam e tentam seduzi-lo. Porém, o personagem prefere sair com “o velho e com o garoto” (referindo-se a Alfred e Robin), não dando bola para todas as mulheres interessadas nele, e que até mesmo pulam nos telhados para chamar sua atenção.

Morrison está atualmente na DC Comics, que faz a publicação dos quadrinhos do Batman. Mas o roteirista já fez serviços para a Marvel, que também produz muitos quadrinhos de sucesso. Nesta empresa, Morrison trabalhou em “X-Men”, por exemplo. Na entrevista concedida para a “Playboy”, o roteirista também opina sobre outras histórias como Coringa, Super-Homem, Magneto e Mulher Maravilha.