Publicado em: segunda-feira, 03/09/2012

Ronaldinho – Atlético-MG perde para o Corinthians e atleta desfalca o time mineiro

Ronaldinho - Atlético-MG perde para o Corinthians e atleta desfalca o time mineiroO Corinthians já deixou claro que o seu principal objetivo para este ano, depois de ganhar a Copa Libertadores da América no meio do ano, é o Mundial de Clubes. Mas, enquanto isso, o timão vai traçando seu caminho no Campeonato Brasileiro e quer tumultuar e complicar a vida dos seus adversários que buscam os primeiros lugares na tabela de classificação da competição nacional.

Isso ficou muito claro no jogo de domingo, 2 de setembro, quando o time comandado pelo técnico Tite recebeu o Atlético-MG, que é o atual líder do Brasileirão, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, para uma partida válida pela vigésima primeira rodada do campeonato. Na ocasião, o Corinthians conseguiu vencer o time mineiro por 1 a 0. Paulo André foi o responsável pelo único gol da partida.

A arbitragem foi um caso a parte no jogo, com reclamações para os dois lados. O Atlético-MG teve um gol anulado nos minutos finais da partida. Já o Corinthians disse que o árbitro deixou de marcar dois pênaltis a favor do timão.

Com a derrota, o Atlético-MG segue com 44 pontos e no primeiro lugar da classificação do Campeonato Brasileiro. O Fluminense tem o mesmo número de pontos que o time mineiro, mas está na segunda colocação por ter uma vitória a menos. Já o Corinthians soma 28 pontos no campeonato nacional e pulou para a nona colocação na tabela.

O próximo jogo do Atlético-MG está marcado para quarta-feira, 5 de setembro, quando encara o Bahia no estádio do Pituaçu a partir das 19h30. Na ocasião, o time do técnico Cuca jogará desfalcado, já que Ronaldinho Gaúcho levou seu terceiro cartão amarelo e está automaticamente fora da próxima partida.

Já o Corinthians tem a sua próxima partida sendo realizada na quarta-feira, ocasião em que vai até Florianópolis, em Santa Catarina, para enfrentar o Figueirense em uma partida que acontece a partir das 22 horas (pelo horário de Brasília).