Publicado em: quinta-feira, 26/07/2012

Romney promete, mas não dá detalhes sobre propostas aos militares veteranos

A campanha polícia do candidato republicano Mitt Romney está tratando sobre algumas reclamações apresentadas pelos veteranos militares, que já foram abordadas por Barack Obama quando este ainda era senador. Os votos dos militares veteranos poderão ser decisivos nas eleições presidenciais de novembro e, por este motivo, as candidaturas estão se posicionando para eles.

Vários daqueles que defendem os veteranos de guerra afirmam que Mitt Romneu ainda não apresentou motivos que poderiam afirmar que ele pode ser melhor do que o atual presidente nesta questão. O diretor-executivo da entidade Veteranos das Guerras Estrangeiras, Bob Wallace, afirmou que o ex-governador de Massachusetts não apresentou nenhuma proposta específica para os militares em sua campanha.

Documento

A agência de notícias Reuters recebeu um documento da campanha do candidato republicano contendo uma página. Neste documento, a campanha lamenta o aumento dos pedidos de pensão por invalidez, a demora nos processos no Departamento de Assuntos dos Veteranos e também o alto desemprego que envolve os militares veteranos.

O documento apresentado pela campanha também faz críticas aos cortes feitos pelo governo de Obama aos gastos dos militares. Romney fez um discurso nesta terça-feira (24) em uma convenção de ex-militares em que apenas citou que o sistema de Assuntos dos Veteranos está sobrecarregado. O candidato republicano não entrou em detalhes, mas garantiu que dará tratamento de alto nível para os veteranos.