Publicado em: quinta-feira, 12/07/2012

Romney faz críticas a declarações de Obama sobre Chávez

O candidato republicano para a presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, fez críticas as declarações do atual presidente, Barack Obama, com relação ao mandatário da Venezuela, Hugo Chávez. Segundo Romney, o candidato democrata a reeleição ignorou que o presidente venezuelano seja uma ameaça para o país da América do Norte.

Obama deu suas declarações para um canal de TV em espanhol, e afirmou que, nos últimos tempos, Hugo Chávez não causou um sério efeito para a segurança nacional norte-americana. Romney, por sua vez, respondeu a entrevista sobre este tema, que provavelmente irá ser discutido pelos eleitores latinos que irão votar nas próximas eleições, que serão realizadas em novembro.

Críticas

Nesta quarta-feira (11), Romney declarou que o comentário de Obama foi chocante e impressionante. Segundo o candidato republicano, a ameaça do governo de Chávez é clara, pois o regime do venezuelano “deseja mal” aos Estados Unidos. Romney disse também que as declarações do presidente norte-americano mostram sua fraqueza, o que tem dado força para os rivais e “diminuído a influência” de seu próprio país.

Antes disso, a campanha eleitoral de Barack Obama havia tido que Romney deu espaço para o líder da Venezuela. Bem LaBolt, porta-voz da campanha do presidente, afirmou que Romney está se preocupando demais com o mandatário sul-americano, no qual o poder e influência estão minguando.