Publicado em: sexta-feira, 17/05/2013

Rodrigo Lombardi diz que ainda não é o homem da música de Roberto Carlos

Rodrigo Lombardi diz que ainda não é o homem da música de Roberto CarlosRodrigo Lombardi viveu durante os últimos meses o personagem Théo na novela “Salve Jorge”, em clima de despedida, a novela chega ao seu final nesta sexta-feira (17), o ator concedeu entrevista para o jornal “Extra” na quinta-feira (16) para falar sobre o seu trabalho na história de Glória Perez.

O ator comentou que Théo foi um personagem muito rico e que se aproxima do público por ser uma pessoal normal e não o herói que os protagonistas geralmente são. Ele falou que o caminho do personagem não foi fácil, teve que tomar decisões impulsivas, das quais ele prontamente se arrependeu demais, e é justamente isso que o humaniza. Rodrigo comentou o fato das pessoas falarem nas ruas que Théo não pode ser “o cara” retratado na música de Roberto Carlos, e defendeu o personagem dizendo que os erros cometidos por Théo fizeram também com que todos os telespectadores olhassem para ele e tivessem a certeza que também poderiam ser aquele cara.

O ator aproveitou para falar da honra de dar vida a um papel cuja trilha sonora foi composta pelo rei. Ele afirmou que cresceu ouvindo Roberto Carlos, e que se apaixonou pela primeira vez na adolescência ao som das músicas do rei. Por isso, quando soube que teria uma musica feita para um personagem que ele interpretaria foi muito bacana, e isso é para sempre.
Rodrigo exemplificou dizendo que todas as próximas gerações da sua família poderão dizer que um membro da família era ator e teve uma música escrita por Roberto Carlos para ele.

Quando questionado sobre a relação entre ele e o homem retratado na música, Rodrigo Lombardi foi sincero e disse que o cara perfeito descrito na música, infelizmente, não é ele, mas fez questão de enfatizar que apenas por enquanto, pois ele ainda busca ser uma pessoa melhor todos os dias.