Publicado em: sexta-feira, 30/09/2011

Rock in Rio 2011 – Show de Ke$ha deveria ter sido no palco eletrônico

O terceiro show da noite de quinta-feira foi o da cantora pop, que se entende rock, Ke$ha. Com uma hora de apresentação, o que se viu na cantora foi uma preocupação muito maior com o visual e a performance que a qualidade da música.

Com um figurino extremamente chamativo, incluindo batom azul e meia arrastão, Ke$ha falhou na afinação, mesmo com o apoio eletrônico, considerado por muitos críticos, um desrespeito aos fãs. Alem do desafino, em muitas músicas mal se ouvia a voz da cantora, devido a excessiva batida eletrônica.

Meio perdida no dia do soul, Ke$ha teria se adequado bem mais no palco de música eletrônica. Atitudes forçadas marcaram sua apresentação: palavrões e cuspes destinados ao público, além da quebra de uma guitarra, que segundo críticos, já está incluído no orçamento.

Mesmo com a apresentação das músicas “Fuck him”, “Blow”, “Blah blah blah”, “Party”, “Backstabber” e “Cannibal”, o público só se agitou mesmo com o maior sucesso da cantora no Brasil, “Tik Tok”. Ke$ha precisou até pedir para que o público se levantasse e batesse palmas.