Publicado em: quarta-feira, 23/05/2012

Robert Moog é homenageado pelo Google

Nesta quarta-feira (23/05), o Google está celebrando, através de um doodle pra lá de criativo, os 78 anos do nascimento de Robert Moog, considerado o grande pai do sintetizador. Pioneiro na música, ele fez com o instrumento musical se tornasse portátil, facilitando seu uso e fazendo com que os sintetizadores se tornassem popular pelo mundo todo.

Moog inclusive fundou a empresa Moog Music Inc. visando a produção de sintetizadores usados por grandes artistas. Sendo assim, na página inicial do buscador, ocupando o espaço do logotipo do Google, encontra-se um desses aparelhos. Além do internauta poder interagir tocando músicas e possível também gravar suas composições. Contando com quatro canais de áudio, a animação demorou quatro meses para ficar pronta.

Robert Moog, teve aulas de piano por 12 anos e além de músico foi ainda engenheiro e físico. O sintetizador desenvolvido por ele era bem mais acessível e voltado para músicos, e não para técnicos, como eram as primeiras versões do aparelho. Foi só a partir de então que o sintetizador começou a se popularizar.

Seus primeiros compradores foram Alwin Nikolais, coreógrafo famoso na época, e Eric Siday, compositor de jingles. Apesar de existir dinheiro o suficiente para manter-se no negócio, não existiam quase compradores, já que sintetizadores eram usados basicamente na criação de jingles. Assim, Moog procurou ir ao encontro do maior numero de músicos possível para divulgar sua criação. Um desses músicos foi Wendy Carlos, que com o disco “Switched-On Bach” divulgou o instrumento mundialmente, sendo inclusive um colaborador para que Robert Moog aperfeiçoasse o aparelho.

Robert Moog, estaria completando 78 anos se estivesse vivo. Ele faleceu no ano de 2005 vítima de um tumor cerebral. Três anos antes, em 2002, recebeu um Grammy devido a sua inovação tecnológica.